O Alright Ok da Vans é sobre estilos, tênis novos e calças legais

Fotos de Greg Hunt

No dia 23 de novembro, foi lançado virtualmente o Vans Alright Ok, com partes de Elijah Berle, Gilbert Crockett e participação de Justin Henry. O vídeo, dirigido por Greg Hunt, é mais um do time global da Vans Skate. 

Os protagonistas por Greg Hunt

Em um mundo de distanciamento social, a première foi online, sem festas presenciais e sem aglomerações físicas. O chat do Youtube foi local de encontro de skatistas do mundo todo pra conversarem e comentarem sobre o vídeo. As clássicas reações dos espectadores das premières eram agora digitadas, mas isso não significou que foi menos intenso. 

A expectativa era grande, já que os skatistas presentes no vídeo são favoritos de quase todo mundo que gosta de skate de rua. Gilbert Crockett por seu estilo, escolha de manobras e de roupas (principalmente de calças) e Elijah Berle por seu estilo agressivo e, com certeza, californiano de andar de skate. Pra completar, o “Quasiano” Justin Henry fechava o trio de pessoas com partes no vídeo, fazendo disso algo pra se esperar mais ainda. 

Sobre tênis

O Alright Ok da Vans tem uma forte relação de lançamentos de tênis com os skatistas do vídeo. Pra quem não sabe, a parte do Elijah Berle era pra ter saído junto do seu pro model da Vans, mas por conta de vários motivos (que você pode saber aqui nessa entrevista em inglês) atrasou e não saiu junto do tênis. 

Já para o Gilbert Crockett, o Alright Ok marca o lançamento oficial em um vídeo grande da versão Hi-top do seu pro model da Vans, lançado em julho desse ano. E para o Justin Henry, também teve model em 2020: o Style 36 World Peace foi sua colorway. 

Veja os lançamentos dos três aqui: 

Sobre o vídeo 

Como já dissemos, a expectativa para o Alright Ok era grande, já que sempre que esses caram soltam partes são muito bem trabalhadas e apresentadas. Fora isso, todos os nomes envolvidos além dos skatistas traziam em si grande expectativa.

O vídeo é de Greg Hunt, o mesmo que está por trás do Mindfield, do vídeo da Gravis do Dylan Rieder, do Sight Unseen da Transworld, do Visual Sound da Stereo etc. Se isso já não te comprova que o cara é um monstro, ele também é o cara por trás do Propeller da Vans, o primeiro full lenght da marca, lançado em 2015. 

E ah, você sabia que o Greg Hunt foi pro pela Stereo?

Além dele, outro nome que trazia bastante expectativa era Danny Garcia, mas desta vez não pelas manobras. O Reverend Baron, nome artístico do Danny, foi responsável por parte da trilha sonora e pela apresentação antes da première oficial no Youtube. Então se você conseguiu assistir ao vídeo na hora que estava apresentando, viu que um rosto familiar tocava violão no início dele. 

Terminada a apresentação do Reverend Baron, era hora do Alright Ok. Gilbert Crockett abre o vídeo e, caramba, como é legal ver uma parte dele. O Gilbert é tipo uma versão 2020 de um gangueiro 90s, com tatuagens old school e um pouco mais de agressividade. Sua parte tem bastante pop e switch, uma seleção de manobras bem legal, como sempre foi com as paradas que ele solta. 

Quem divide a tela com o Gilbert é o Justin Henry e isso só comprova como o time da Quasi é unido. A composição Gilbert-Justin é bem legal e a parte 7 minutos passa voando com tanta manobra boa. 

Gilbert por Greg Hunt

Foi interessante ver também que muita coisa foi filmada com os tênis lançados esse ano, ou seja, são imagens inéditas e recentes. Isso é bacana, mostrou que os caras estão realmente empenhados nos projetos atuais. 

Depois vem o Elijah Berle e wow. Você consegue ver o quanto o cara pôs de empenho e esforço nessa parte. Manobras técnicas, picos difíceis, coisas grandes, tem de tudo. Elijah realmente deu o sangue e valeu a pena esperar a parte. O ar ítalo-americano, lembrando os estilos de décadas passadas do Elijah, junto com músicas que casaram muito bem fazem dessa parte uma pra ser revista várias vezes.  As últimas são de cair o queixo. 

Elijah por Greg Hunt

É interessante pensar também no timing em que esse vídeo foi lançado. Terminando o ano, a corrida pelo prêmio máximo do skate mundial, o Skater of the Year, da Thrasher, fica ainda mais acirrada.

A parte do Elijah foi uma dessas partes que concorre a SOTY e não seria tanta surpresa caso esse prêmio fosse pra ele. Mas sobre esse fato, você, leitor(a) do TM, vai ter que esperar até dezembro pra saber.

Sobre calças

É meio impossível falar de Gilbert Crockett e Elijah Berle sem falar de calças. Quem anda de skate sabe o quanto o que usamos é importante, afinal #stylematters, mas as calças tiveram grande importância no Alright OK. Nos comentários do Youtube na premiére global, esse foi um assunto recorrente. 

O Gilbert tem hoje a ceeblues, uma marca de calças feitas totalmente nos EUA e sempre chamou atenção pra isso no seu estilo. Suas entrevistas tocam no assunto, assim como suas redes sociais. No vídeo não foi diferente, as baggy jeans da ceeblues marcaram presença!

Já o Elijah optou pelo estilo Dylan Rieder de vestimenta, usando bastante nas regatas coladas brancas com calças pretas que mostravam as meias. Não se engane, você não viu um gangster americano dos anos 30, é só o Elijah Berle, mesmo. 

O Alright Ok da Vans está disponível online e para quem viu ou ainda não assistiu, vale a pena o clique. Tem tênis novo, calças bacanas e muita manobra boa:

Deixe uma resposta para Caio Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: