Corrida para SOTY 2020

O prêmio de Skater Of The Year (ou skatista do ano) da Thrasher é o prêmio máximo do skate mundial. Nenhum outro prêmio é tão importante e nem tão significativo para os skatistas quanto o SOTY e olha que nem tem premiação em dinheiro. Ganhar o Skater of The Year é como levar um Nobel, mas por andar de skate. 

Porém como todo prêmio, o SOTY também tem suas contestações. Tem ano que a gente acha que um vai levar e outro leva. Tem vez que a gente acha roubado porque o skatista X andou mais que o Y. Tem gente que acha que é comprado e tem gente que tem certeza. 

Mas nem esses fatos acima tiram o fato de que o prêmio mais importante do ano skatístico é esse da Thrasher. 

É visível o quanto marcas e skatistas reúnem seus esforços para o prêmio. Quer um exemplo? É só ver a quantidade de vídeos grandes e videopartes solo que saem depois de outubro. Esse ano, por exemplo, nem a pandemia parou os caras. 

Fato é que tanto pros skatistas quanto pras marcas é interessante o prêmio. Imagina se o SOTY é da sua marca, o quanto aquilo te faz ser core? Ou o quanto te traz de retorno financeiro? Por isso marcas investem tempo e dinheiro pra fazerem dessa corrida algo que dê retorno para seus membros do time. 

Mas parece haver uma certa receita para ganhar o prêmio: manobras difíceis  + picos grandes + uma história de superação com alguma trick + uma videoparte cabulosa + uma capa da Thrasher. É bem difícil nos últimos anos ver algum SOTY que não levou com essa receita. Jamie Foy, Kyle Walker, AVE, Milton Martinez… Talvez o mais distante dessa fórmula foi o SOTY de 2018, Tyshawn Jones. Mas isso não quer dizer que ele não teve o que precisava mercadologicamente. 

2020 não é diferente e teve muita gente que marretou e que quer levar o prêmio pra casa. Então pra falar sobre os concorrentes mais acirrados desse ano, vale a pena lembrar tudo o que fizeram: 

Elijah Berle

Fica claro que esse é o preferido da Vans para o prêmio esse ano. Elijah fecha o Alright,Ok, da Vans Skate e tem todo um enredo de superação por trás. A parte é incrível e junto dela tem uma capa na Thrasher. É toda aquela receita de sucesso que faz um SOTY ser SOTY naquele ano e não seria surpresa caso ele levasse o prêmio pra casa. 

Além de toda essa trama, o Elijah faz parte de marcas que são mercadologicamente fortes com a Thrasher. Fucking Awesome, Vans, Spitfire, Independent…. Tá tudo meio que em casa. 

Alright, Ok da Vans

Pedro Delfino

Você sabia que teve um vídeo da Deathwish que acabou de ser lançado? Pois é, em tempos de “corona vairus”, os caras da marca-irmã da Baker lançaram um full lenght e pelos comentários dá pra ver que o Pedro Delfino foi destaque. 

Ele tem também a receita Thrasher, além dos patrocínios que facilitam essa relação. Fora isso, teve uma parte muito boa da Spitfire, com uma manobra que deveria ser capa mas não foi. 

Louie Lopez e Alexis Sablone

O vídeo da Converse, o Seize the Seconds ACABOU de sair e dois nomes chamam bastante a atenção. 

Alexis Sablone está nessa lista porque fez coisa pra caramba esse ano e a parte dela nesse último da Converse é MUITO foda. Ela trocou de patrocínio de shape (foi pra Alltimers recentemente), teve um pro model na Converse, abriu esse vídeo com uma partezona… Belo ano da Alexis e se ela ganhar vai ser a primeira mulher a ser SOTY. 

Já Louie Lopez é daqueles que é favorito dos seus skatistas favoritos. Apesar da parte do Seize the Seconds não ser a mais cabreira nem a que deu mais trabalho pra ele, é mais um ano que o Louie anda pra caramba. 2019 talvez tenha sido melhor pra ele em termos de realização, mas 2020 trouxe uma capa e uma parte legal pro Louie. 

Mason Silva

Seria injustiça falar que o ano do Mason começou depois de agosto. Esse foi o cara que marretou 2020 inteiro. Em abril ele já tinha uma capa com um ollie monstruoso na Thrasher e depois disso foi só parte atrás de parte. Acho que ele teve umas 4 lançadas em 2 meses? Uma máquina! 

Skate agressivo, poderoso e picos gigantes. Receita que a Thrasher adora coroar. 

Miles Silva

Miles é um cara com um estilo bonito de ver. Ele junta manobras técnicas de todas as bases com picos grandes e faz seu skate ser difícil. Não difícil de ver, mas de ser reproduzido, com certeza. Ele teve duas partes recentes, uma fechando o Fourth Quarter da Primitive e outra pela Spitfire e com certeza ele é o cara que a adidas está botando um esforço para ser SOTY esse ano. 

Vale lembrar que nos últimos anos o Miles sempre esteve entre os caras mais cabreiros do skate mundial. Se o prêmio for pra ele também não é nenhuma surpresa. 

Tom Knox 

Tom Knox teve a parte mais legal do ano na opinião aqui do Trocando Manobras. O episódio 11 do Atlantic Drift trouxe só ele e foi uma partezona. Manobras difíceis, combos, picos de todos os tamanhos e dificuldades, filmagem boa, conceitos por trás… 

O Tom também teve uma capa da Thrasher e também é de marcas legais, mas talvez por ser de fora dos Estados Unidos seja mais difícil dele levar o SOTY. Mas sim, nossa torcida é toda Tom Knox! 

Brandon Turner e Alexis Ramirez

O vídeo da Sk8mafia, o Sk8mafia 2020, foi lançado em novembro e é mais um full lenght da marca. Os caras marretaram, mas quem mais se destacou foi Alexis Ramirez e o Brandon Turner. 

Alexis Ramirez por seu skate técnico e agressivo ao mesmo tempo e Brandon Turner, principalmente, pelo hardflip no Wallenberg. Alexis tinha soltado mais uma parte recente, a “Is that all there is?” em outubro, ou seja, estava na pegada agora no fim de 2020. Brandon Turner está no game há décadas e merece qualquer prêmio. Manobra do ano, talvez, pro B Turner? 

É bem provável que nenhum dos dois leve o SOTY, mas são caras bem legais de ver andando! 

E pra terminar, aqui vão as predições do Trocando Manobras do prêmio SOTY 2020:

Quem leva: Mason Silva

Quem a galera vai falar que merecia: Elijah Berle

Quem a gente gostaria que levasse: Tom Knox ou Alexis Sablone

  1. Franky Villanni

    Apesar de ele não ser tão “vendável” como os outros da sua lista (e apesar de Luoie Lopez, Miles Silvas e Mason Silva serem 3 dos meus 1000 skatistas favoritos de todos os tempos), o Franky Villanni lançou o vídeo mais foda do ano. Todos marretaram. Ele explodiu mentes.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: