SKATEMUSIC

22/01/2013     

      Sei que é um assunto meio batido e saturado, mas pretendo falar de uma forma diferente aqui. Skate e música é, talvez, a ligação mais intensa do skatista com outra coisa sem ser o skate. Música. Se formos analisar friamente, a música é uma das coisas mais pessoais do ser humano. É uma forma de arte infinita e que permite apreciadores infinitos, também. Para Freud, “música possibilita perder o controle racional” (Maria Helena Rowel, “Freud e a Música”, 2010) e, talvez, por isso, seja, para nós, tão envolvente. Música é a nossa válvula de escape de outros pensamentos e nos faz viajar de forma única, unipessoal.

     Legal, passando essa introdução, o que realmente quero tratar aqui é como o skatista enxerga a música e como a música, de certa forma, enxerga o skatista.  É muito legal ver entrevistas de bandas que fazem parte em vídeos históricos e eles falarem que sempre se interessaram por skate, que andam e que se inspiram em vídeos, fotos e fatos para agregar em sua música. É o caso do Band of Horses que, a banda era muito amiga dos caras da Crailtap, assim como o She Wants Revenge e no fim, lá estão elas fazendo as partes do Fully Flared serem ainda mais épicas.

     Aqui no Brasil, Kamau, Dead Fish, CPM22, Charlie Brown Jr e muitas outras bandas tem forte envolvimento com o skate e sempre levam em suas letras o nosso legado. E os skatistas levam suas músicas na mente e nos vídeos, também.

     O que é interessante é, como algo tão pessoal se torna fundamental em nossas vidas. Eu, por exemplo, fui criado pelo Heavy Metal. Pela influencia do meu pai, cresci escutando rock’n’roll e heavy metal e escuto até hoje. Mas é incrível o tanto de coisa que conheci, lembrei e gostei depois de vídeos de skate.

     Esses dias estava vendo o último Baker – Bake and Destroy e na parte do Spanky tem uma música marcante em minha vida que não escutava fazia muito tempo: The The – This is the day. Eu não lembrava e não iria lembrar dessa música nunca mais, se não fosse pelo Baker, e ela é hoje uma das minhas favoritas, de novo!

     Não só por vídeos, como também, pela influencia dos parceiros de sessão, pelos hypes e pelos momentos, as músicas estão sempre presente e marcam determinadas épocas. Tente lembrar de algum rolê passado que te marcou e, muito provavelmente, você vai lembrar de que música estava tocando sem parar no seu som naquela época. É muito legal, é algo que a gente vai guardar pra sempre.

Música e skate, que união perfeita!

Veja esse artigo que achei garimpando na internet e veja como a música pode se encaixar com você, olha que style!

http://www.oqueeisso.blog.br/?p=2868

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: