O skate feminino ganhou um Oscar

No dia 9 de fevereiro aconteceu a premiação mais importante do ano do cinema mundial, os Oscar 2020. Essa foi a edição de número 92 e, mais uma vez, o skate esteve lá.

Na categoria de mulher documentário de curta-duração, “Learning To Skateboard In A Warzone (If You’re A Girl)” da documentarista norte-americana Carol Dysinger estava lá representando a todos que andam de skate.

O documentário mostra o projeto social Skateistan, do Australiano Oliver Percovich no Afeganistão, que desde 2009 é uma ONG Afegã ajudando meninas e crianças de baixa renda a terem outras oportunidades em suas vidas através do skate.

Resultado de imagem para learning to skateboard in a warzone

Já estivemos no Oscar

Essa não é a primeira vez que algo relacionado ao skateboard está no Oscar. Aliás, é o segundo ano consecutivo que o skate aparece nos documentários nominados ao prêmio: ano passado, Minding the Gap, de Bing Liu contava a história de três adolescentes skatistas dos Estados Unidos (e foi um dos filmes favoritos do ex-presidente Barack Obama) e foi indicado na categoria de melhor documentário. Representou, mesmo não levando a estatueta.

E você deve conhecer o Spike Jonze de vídeos como Video Days, Mouse e Fully Flared, mas esses não são os filmes que o fizeram ser aclamado pela academia de cinema. Her foi o filme que fez Spike Jonze ganhar um oscar na categoria de melhor roteiro original em 2014.

Essa foi sua quarta indicação e seu primeiro troféu.

 

O skate feminino venceu

Dirigido por uma mulher e voltado para as mudanças que o skate trouxe na vida de meninas afegã, o documentário “Learning To Skateboard In A Warzone (If You’re A Girl)” é um emocionante recorte da vida.

Carol Dysinger procurou contar as histórias das meninas que buscavam o skate como alternativa no Skateistan e conseguiu mostrar que, além de manobras, o skate trouxe uma vontade de viver além das tradições locais.

O filme foi ganhador da categoria melhor documentário de curta-duração no Oscar 2020 e é fonte de inspiração para todos que procuram alternativas para suas vidas e costumes.

O skate é isso. O skate liberta.

Assista ao trailer: 

 

Resultado de imagem para learning to skateboard in a warzone
Elena Andreicheva e Carol Dysinger (foto: Oscar)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: